Registros e Artigos

Treinamento: Gasto ou Investimento?

4 May 2020

 

Olá meus amigos, como estão? Espero que bem?

Hoje vamos falar de um tema que não chega a ser polêmico, mas causa bastante desconforto entre as pessoas: Treinamento é gasto ou investimento?

O que vocês acham?

Bom, a minha resposta é bastante simples e acho que vai surpreender vocês: DEPENDE!

 

Como assim?? (vocês devem estar gritando para mim!!). Você e sua irmã são treinadoras, como DEPENDE?

 

Gente, é simples, tudo depende mesmo. Todas as vezes que nós da #TSPRIME participamos de uma reunião para falarmos dos nossos treinamentos, sempre deixamos bem claro que temos conteúdo, conhecimento, técnicas de aprendizagem andragógica (forma que os adultos aprendem), sempre trazemos para a realidade do cliente aquele tema, para que faça, realmente, sentido para os participantes aquele treinamento.

Nós, além de transmitirmos nossos conhecimentos, aplicamos algumas ferramentas para que os nossos alunos tenham percepção daquilo que estamos falando e, fortemente, buscamos a mudança do comportamento do aluno. Ou seja, nós não transmitimos o conhecimento, viramos as costas e vamos embora e dizemos: fizemos a nossa parte! NÃO!! Nós provocamos as pessoas, para que elas precisem aplicar aquele conteúdo, aquela técnica, para que elas experienciem o que estamos compartilhando com elas, porque aí o objetivo vai ser atingido.

 

Assim, para que o treinamento funcione, prezamos pelo olhar focado no ser humano, no alinhamento das expectativas do contratante com a realidade que ele oferece para os seus liderados / colaboradores e, acima de tudo, nos mostramos iguais a todos eles. Sim... iguais. Sabe por quê? Por que nós já estivemos do outro lado: já fomos alunas, empregadas, líderes de equipe, gerentes de um time... e isso tudo nos permitiu crescer como pessoas e como profissionais e a termos um olhar diferenciado, capaz de perceber que a opinião, ou melhor dizendo, a compreensão da situação na visão do dono do negócio pode ser bem diferente daqueles que estão lá na linha de frente, falando com o cliente, sentindo as pancadas e ao mesmo tempo as oportunidades. Então, nós conseguimos praticar a empatia na essência em nossos treinamentos, sempre fazemos as nossas leituras sobre cada participante, sobre cada contratante e, em 99,99% delas, acertamos em cheio!

 

Então, quando se trata deste tipo de treinamento, que nós da TSPRIME praticamos, o resultado depende muito da ação do outro, dos alunos, dos contratantes, dos liderados... enfim, é uma via de mão dupla (ou tripla, quádrupla, quantas vias forem necessárias serão usadas). Neste caso, será um excelente investimento se os objetivos estiverem alinhados, se as pessoas envolvidas se comprometerem o mínimo, se quiserem realmente se tornarem melhor naquilo que estão se propondo aprender.

 

Contudo, se formos falar de treinamentos onde o que acontece é uma transferência de conteúdo, bem do tipo: toma aí sua apostila, faça seu exercício e veja se me dá um depoimento legal lá nas redes sociais, afinal, eu fiz minha parte, estou (literalmente) entregando o material para você desenvolver... Hummmm, para esse tipo de treinamento você só terá gasto. Nadica de nada de investimento... E olha que é o que eu mais vejo por aí... parece que dá certo... mas na verdade, não há mudança de comportamento, não há mudança de hábito, não há motivo inerente àquela ação, daí o seu cérebro fala assim para você: nossa, porque mesmo que eu tinha que fazer desse jeito... Ah, esquece, vamos continuar do jeito que "tá", porque "tá" dando certo e dá menos trabalho... 

E sabe porque você pensa assim? Porque você não entendeu o sentido daquilo. Porque foi te vendido uma situação que dependerá exclusivamente de você e, muitas vezes, você não tem habilidade para desenvolvê-la sozinha, sem um apoio, sem um mentor. E não tem nada errado nisso, afinal, se fôssemos todos excelentes treinadores estaríamos todos morrendo de fome juntos.

 

Sabe que neste sentido, tenho uma historinha rápida para contar: por duas vezes participamos de cotação de orçamentos, onde uma empresa "concorrente" disse assim: faço exatamente o que elas fazem e bem mais barato. Daí, as empresas que estavam negociando conosco nos disseram isso e mais: se vocês fizerem o preço de "fulano" fechamos com vocês. 

De bate pronto respondemos: não. Siga na contratação, se "fulano" faz exatamente o mesmo e bem mais barato, você deve fechar com tal.

Um tempo depois, fomos procuradas para "consertar" o cenário... para "melhorar" o que tinha acontecido com a equipe que foi treinada. 

Nos dois casos não pudemos aceitar a proposta pois queríamos preservar a nossa imagem. Naquele momento, achamos que seria anti-ético assumirmos aquele sequenciamento sem causar mal estar entre os públicos envolvidos e, mesmo precisando muito do trabalho, explicamos os motivos e declinamos da oferta (e olha que dessa vez não veio com pedido de desconto tão grande!!).

Sabe o que acontece gente, temos que aprender a diferenciar preço de valor. Preço é o valor monetário. Valor é o que você entrega, o seu diferencial e o porquê do seu treinamento ser um investimento.

 

Assim é em tudo na vida: gasto ou investimento? Já parou para pensar?

Pois pense... Como você posiciona sua empresa, prestação de serviços ou venda de produto? Gasto ou Investimento para o consumidor?

 

Então, para finalizar, volto a pergunta:

Treinamento: Gasto ou Investimento?

DEPENDE. Depende de quem está comprando e de quem está vendendo. 

 

Se for o da TSPRIME é investimento, te garanto!! (estou sorrindo para vocês neste momento!).

 

Claro... não só o nosso. Existem ótimos treinadores no mercado, somos parceiras de alguns deles. Mas, cuidado, existem ótimos vendedores de treinamentos ruins por aí também.

 

Excelente semana a vocês e foco em investir no que te dará retorno: nunca é demais aprender, compartilhar... inovar!

 

Abraços e até o próximo artigo.

 

#treinamento

#treinamentosorocaba

#treinamentoportofeliz

#treinamentoboituva

#treinamentoitu

#altaperformance

#liderançaassertiva

#gestãodotempo

#tsprimeconsultoriaecoaching

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload