Registros e Artigos

5 Motivos que fazem as pessoas procrastinarem

2 Apr 2019

Você já parou para pensar em quantas situações você, provavelmente, teria resolvido se enfrentasse a procrastinação?

Ultimamente tenho pensado muito nisso e quero compartilhar com vocês minhas percepções, baseadas nos estudos sobre os comportamentos dos seres humanos, que constantemente pratico.

Para quem não está familiarizado com o termo – PROCRASTINAR - resumidamente é: deixar para depois, ir levando as coisas como dá... sem ter atitude de confrontamento, enfrentamento ou superação.

E quantas vezes fazemos isso em nossa vida?

Se pararmos para pensar nas 24 horas que temos em nosso dia, quantas coisas deixamos para mais tarde e acabamos não fazendo nem mais tarde e nem nunca?

E pensa bem, se você tem essa atitude em coisas “simples” da vida, imagina diante de uma dificuldade, de um desafio?

Por isso, o hábito de procrastinar faz muito mal para as pessoas. É como se disséssemos para nosso cérebro: deixa pra depois... mais tarde você faz... amanhã você resolve isso...

E, desta forma, o nosso consciente e inconsciente se acostuma com essa forma de viver. Aí, chega um dia que você se vê perdido, sem saber o que resolver primeiro... e pensa: “ Como foi que eu deixei ficar desse jeito?”

E eu te respondo: Procrastinando o improcrastinável!!!

E, porque agimos assim?

Bem, pode ser por diversos motivos, vou elencar aqueles que mais fazem sentido para mim, analisando meus clientes, amigos, familiares e a mim mesma:

 

1 – Medo do confronto:

Normalmente, quando temos que tomar uma atitude ou decisão, isso vai refletir sobre outras pessoas (positivamente ou não). E, se imaginarmos que será algo ruim para alguém e, então, seremos confrontados, travamos e não fazemos o que deve ser feito.

Exemplo simples: sabe aquela decisão que você, Líder de uma equipe ou dono de uma empresa, já tomou e sabe que precisa colocar em prática, porém, isso vai causar um vuco-vuco na empresa.... e daí você adia, adia, adia...

Então... é isso...

Ok, mas como pensar e agir quando vier esse sentimento do medo do confrontamento?

Simples: pense friamente sobre o tema. Analise os prós e contras. Coloque no papel cada item da sua análise e, de verdade, encare os seus resultados. E, depois disso, coloque no papel tudo aquilo que vai acontecer ou que você vai perder se não tiver atitude imediatamente.

Force seu cérebro a te contar tudo isso. Escreva. Leia. Aja.

(Neste mesmo item cabem diversos outros medos, como: desprestígio e rejeição).

 

2 – Achar que alguém vai resolver isso por você:

Gente, quantas vezes a gente fala: “Quando fulano fizer tal coisa, eu faço isso!”

Pare de pensar assim, por favor!!

Seja você a força motriz da sua vida. Por mais que sejamos seres sociáveis com necessidade de pertencermos, a nossa motivação tem que vir de nós mesmos. Então, dê o passo que você precisa dar. O seu comportamento vai refletir no comportamento dos que o cercam e isso vai causar impactos positivos.

Então, não transfira ou terceirize a sua responsabilidade. Tenha atitude de dono da sua vida, do seu trabalho e dos resultados que você obtém.

 

3 – Medo da mudança:

Sempre que tomamos uma decisão, principalmente se ela está no rol das importantes, algo vai mudar. Seja uma decisão pessoal de fazer uma dieta, por exemplo, ou a decisão de pedir demissão ou demitir alguém.

Tudo o que traz mudança vai fazer você, naturalmente, evitar. Salvas algumas pessoas que tem perfil comportamental que é movido à mudanças, a maioria das pessoas tende a não querer sair da tal “zona de conforto”.

E aí eu deixo aqui um questionamento para você pensar com seus botões: O quanto sua zona de conforto está confortável para você?

(A minha costuma me causar desconforto... e daí... pluft!! Ela não precisa mais existir!!).

 

4 – Dificuldade em gerenciar prioridades:

Todo mundo hoje vive o tempo da urgência. Tudo é pra ontem!

Exceto as pessoas que já atuam em alta performance, que são poucas, o restante atua na reatividade, apagando incêndios e desejando que um milagre aconteça.

O primeiro passo para atuar na alta performance é gerenciar o que é e o que não é prioridade para você. Definir isso com clareza vai te permitir delegar atividades, dizer não para determinadas situações e pessoas e, principalmente, ter ação!

Tenha agenda, liste sua rotina e suas prioridades. Aprenda a dizer não para o que não faz sentido ou vai te tirar do seu foco.

 

5 – Não priorizar a si mesmo:

Esta, para mim, é a mais difícil de todas.

Sabe quando você arruma tempo e jeito para resolver pendências alheias, mas para as suas você se atrapalha demais?

Então... esse é um dos fatores que fazem as pessoas procrastinarem atitudes que farão bem para elas. E isso vem de uma visão errônea, ao meu modo de pensar, que é: se eu serei diretamente beneficiado e fulano não, eu não vou fazer.

Bem, pensamentos como estes fazem a gente ter tempo para levar a amiga ao ginecologista, mas não nos permite ter tempo para nossa consulta de rotina. Ou, faz com que eu cumpra atividades que não fazem parte do meu escopo profissional para que o trabalho de alguém não seja prejudicado (e se parasse aqui, estaria tudo bem), porém, para isso acontecer eu não consigo cumprir com a minha rotina. E aí eu deixo para amanhã... só que amanhã não será suficiente para colocar tantas atividades procrastinadas em dia e daí... bom, daí já foi né?

Neste caso, preste atenção em você. Tenha como foco priorizar você mais vezes do que você prioriza hoje. Por favor, não estou falando que é para você ser um insensível e egoísta, apenas estou dizendo que sim, você precisa olhar para você também.

Você vai perceber que ao se comportar assim, o mundo a sua volta percebe o movimento e vai se adequar. Logo, todos estarão fazendo o que precisa ser feito.

 

Bom, eu até tenho mais uns quatro itens que poderia elencar aqui, porém, delongar esta leitura não é meu objetivo.

Minha intenção é fazer você parar 10 minutos e ler este artigo e refletir. E, se fizer sentido para você, se você se reconhecer em alguns desses pontos, parabéns!! O primeiro passo para mudar e deixar de procrastinar é reconhecer que precisa tomar esta decisão.

Pare de Procrastinar!

Precisando, conte comigo!!

 

Forte abraço e até o próximo artigo!

 

#paredeprocrastinar

#altaperformance

#treinamento

#coaching

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload