Registros e Artigos

Habilidade X Competência: como podemos definir estas duas palavras de forma simples?

11 Feb 2019

 

 

 

Hoje, vamos conversar um pouco sobre Habilidade e Competência?

 

Pra começar, preciso confessar uma coisa pra vocês... há tempos  eu achava que essas duas palavras tinham o mesmo significado. É verdade... Em minha cabeça, uma era a explicação da outra e eu não sabia diferenciá-las. Com a melhor das intenções, toda vez que eu me deparava com uma situação onde eu tinha que falar sobre as competências de uma pessoa, eu acabava falando de suas habilidades.

 

Há alguns anos, quando comecei a me interessar mais pelo assunto, pude perceber a sutil diferença entre elas...

 

Vamos aos significados?

 

Habilidades: são as capacidades que desenvolvemos durante nossas vidas e fazem com que tenhamos ações voltadas para um objetivo.

Competências: são o conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes que nos levam a executar uma ação de forma assertiva.

 

Ou seja, a competência está relacionada com a forma adequada e embasada com que definimos uma ação. Então, pra termos competência, em primeiro lugar precisamos ter habilidades, certo?!

 

Por exemplo, suponhamos que eu trabalhe como atendente de balcão de uma padaria. Sei servir o que é pedido, sou educada e não deixo o cliente esperando; isso significa que desenvolvi algumas habilidades para fazer esse trabalho. Agora, se além disso tudo, eu consigo entender o cenário e ver que precisa de mais uma fornada de pães, que os frios estão sendo cortados da forma errada, que está havendo desperdício de produtos porque não vende tudo o que é fabricado e, tomo atitudes baseadas nesse contexto, pra melhorar o que está sendo feito, estou desenvolvendo a competência.

 

De uma forma bem simples, é isso. Porém, quanto mais estudamos, mais entendemos que existem muito mais conceitos e classificações relacionados a esse assunto. E isso é enriquecedor, pois passamos a perceber o que precisamos fazer para dar o próximo passo em busca da competência.

 

O importante é sempre pensarmos que todos nós temos pontos fortes e pontos de melhoria. E, o que faremos com isso, dependerá das competências que queremos (ou precisamos) desenvolver.

 

 

 

Obrigada e até a próxima!

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload